Mehmet Can Özer | Concerto



 Concerto | Mehmet Can Özer

Lisboa Incomum

16 de Março 2022 | 19h30


O Festival DME tem o prazer de anunciar a digressão de Mehmet Can Özer pelo Porto, Lisboa e Castelo Branco. Para além de concertos em cada cidade, o compositor, em parceria com Ableton Live, dará workshops do software aos alunos da ESML e ESMAE.


Apresenta-se no dia 16 de março no Lisboa Incomum num concerto com repertório da sua autoria, pelas 19h30.


Reservas via email para [email protected] Uso de máscara obrigatório.


Programa:

Isolation Music no. 6 (with visuals)

Ex-Impromptu, live electronics

#beethoo, fixed media (with visuals)

Lviv, live electronics

Isolation Music no. 5 (with visuals)


Mehmet Can Özer


Mehmet Can Özer 

... Der knapp 30-jährige Özer ist dabei strukturell, konzeptionell und was das sinnliche Erlebnis betrifft weiter als manche Akustiktüftler in unseren Breiten. 

.. A big name in electroacoustic music. 

Jörn Florian Fuchs (Wiener Zeitung) Animafest (Belgium) 

Mehmet Can Özer é um compositor multifacetado cuja música combina elementos musicais tradicionais com música eletroacústica. Tendo vivido na Europa e na Turquia na última década, Özer sintetizou fontes ocidentais e orientais na sua própria linguagem musical original. As suas obras foram lançadas internacionalmente numa série de seis álbuns solo que incluem o primeiro lançamento de CD de música eletroacústica turca “Siyah Kalem Dance (2009)”, bem como outras compilações como “An Anthology of Turkish Experimental Music (2016)”.

Özer realizou e conduziu masterclasses numa série de festivais internacionais bem estabelecidos, como Bourges (França), Berlinale (Alemanha), AudioArt (Polónia), Remusica (Kosovo), Busan Biennale (Coreia), Pyramidale (Alemanha), Acousmania (Roménia), SMC (Grécia), Generator (Suíça), Electro-Globe (Bélgica), Create (EUA), EMUfest (Itália), Ankara International Music Festival (Turquia), Granada Festival (Espanha), Estoril Festival ( Portugal), DeSonanz (Macedónia), Apparat (Dinamarca), Notam (Noruega), Exposition of New Music (República Checa), Animafest (Bélgica), Bimbache (Alemanha), Macedonian New Music Days (Macedónia), Kiev International Music Days (Ucrânia) e Vox Electronica (Ucrânia).

As suas composições instrumentais foram apresentadas no MaerzMusik, Moritzburg, Hambacher Musikfest (Alemanha), Sigulda (Letônia) e Goslar-Herz International Musik Festival.

Muitas das suas obras foram encomendadas por instituições de prestígio, personalidades notáveis ​​e concursos internacionais. Entre eles estão a Orquestra Sinfónica Presidencial (Ancara), Thyssen-Bornemisza Art Contemporary (Áustria), Instituto Goethe (Alemanha), IMEB (França), Musiques&Recherches (Bélgica), Fundação Visisonor (Holanda), Duo Ums'n Jip (Suíça), Aksanat (Turquia), Pauline Sachse (Alemanha), Nina Janßen-Deinzer (Alemanha), Arjang Omrani (Irã), Axel Buehter (Alemanha), 1º Concurso Internacional de Contrabaixo (Turquia), PortIzmir (Turquia), EMS (Suécia), bem como a Iniciativa Ernst Reuter (Alemanha).

Özer venceu prémios no Halici-Midi Composition Competition (1998) e no Bourges International Electroacoustic Music Competition (2003 e 2007). Recebeu o Goethe Institute Artist Stipendium (2006 e 2018), SWR Experimental Studio Grant (2008) e Edgar Varése Guest Professorship (2021).

Mehmet Can Özer nasceu em 1981. Estudou composição e tecnologias musicais em Ancara, Genebra, Zurique e Berlim sob a tutela de Bujor Hoinic, Michael Jarrell, Rainer Boesch e Gerald Bennett. Desde 2007, Özer utiliza o seu software "Asure" desenvolvido pessoalmente nos seus concertos. Além das suas atividades artísticas, Mehmet Can Özer é um engenheiro de som ativo cujas produções se concentram na música clássica e no jazz. Atualmente é professor e chefe do departamento de música da Universidade Yaşar em Izmir (Turquia).