Sobre Henrique Portovedo

 


Henrique Portovedo encontra o seu lugar na musica contemporânea trabalhando com compositores como R. Barret, P. Ferreira Lopes, C. Barlow, C. Roads, P. Ablinger, P. Niblock, M. Edwards, I. Silva, S. Carvalho, L. Tinoco, R. Ribeiro, M. Azguime, entre muitos outros.

Portovedo estreou mais de 40 obras a si dedicadas. Apresentou-se a solo com inúmeras orquestras e ensembles incluindo Cantus Ensemble, Chronos Contemporary Music Ensemble, L’Orchestre d’Harmonie de la Garde Republican, Trinity College of Music Wind Orchestra, Orquestra de Sopros da Universidade de Aveiro, Sond'Art Electric Ensemble, Orquestra de Sopros da Armada Portuguesa, Orquestra de Sopros da PSP, Orquestra de Viento Marcos Redondo, Orquestra de Jovens de Santa Maria da Feira etc. Co-fundador de Quadquartet e Director Artístico de Aveiro SaxFest, tem o seu trabalho discográfico editado por diversas editoras como Naxos, Universal, PadRecords, R’RootsProductions etc.


Colaborações incluem Fundação Orquestra Estúdio - European Capital of Culture, Orquestra Sinfónica da Casa da Musica, Camerata Nov’Arte, Fadomorse, Filarmonia da Beiras, Black Coyote etc. No momento é membro do ArtClang Ensemble juntamente com Ricardo Ribeiro, Nuno Aroso, Filipe Quaresma e João Barradas.

Enquanto artista intermedia foi criador de SoundofShadows, Don’t Shoot at the Saxophone Player, SoundGrounds e Distorction. Foi premiado com Prémio de Mérito da Fundação António Pascoal, Prémio de Mérito Artístico Fundação Eng. António de Almeida, 1st Prize of the International Youth Soloist Contest Purmerend. Recebeu em 2007 e 2008 vários Trinity Music Awards em Londres incluindo The Montague Cleeve Scholarship, The Bratton Scholarship e o Trinity College London Scholarship. Em 2012 foi premiado com o Prémio Jovens Criadores pelo Instituto Português de Artes e Ideias. Em 2014 foi premiado com o Prémio do Centro Nacional de Cultura na área da música. Recentemente foi premiado pela Society for Education, Music and Psychology Research do Reino Unido pela sua apresentação na ISPS 2019.


Tem sido artista em residência no ZKM Karlsruhe, visiting researcher na Edinburgh University e Fulbright Visiting Researcher no MAT University of Califonia Santa Barbara. Henrique é membro fundador do European Saxophone Comité, Tenor Sax Collective, Presidente da Associação Portuguesa do Saxofone e foi director artístico do European Saxophone Congress 2017. Enquanto investigador na área da Ciência e Tecnologia das Artes no CITAR, Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa foram-lhe atribuídos financiamentos de investigação pela FCT e Fulbright. Actualmente é professor de música electrónica na Universidade de Aveiro.


Portovedo é regularmente convidado para ministrar masterclasses e concertos em alguns dos mais prestigiantes festivais e conservatórios superiores tais como Real Conservatorio Superior de Musica de Madrid, Conservatoire Royal de Bruxelles, Mallorca SaxFest and Conservatori Superior de Música de les Illes Balears, Trinity Laban Conservatoire of Music & Dance, Hochschule fur Musik Karlsruhe, Giuseppe Verdi Conservatori Milano, entre muitos outros.


Popular Posts